Jogava pedras na ignorância
Hoje,
Jogo apenas poesia.

 

– Joel Leitte